– E de que vais falar papá? Terceiro erro.

– Do mundo dos espiões.

Comecei a contar-lhe como os espiões despistam os seu perseguidores através de um sistema conhecido como ziguezague. Saltam de um táxi à entrada do metro, depois de outro táxi noutro metro, tomam a carruagem no último segundo, saltam para o Cais no preciso momento em que se vão fechar as portas e cruzam e voltam a cruzar a casa de entrada dupla, depois a outra, e tomam outro táxi que os deixa numa paragem solitária aonde chegam suados e ofegantes e convencidos de que aquilo não serviu para nada, e então regressam como podem aos seus lares e aí choram em silêncio – como dizem que choraram os homens a sério-, porque se sentem muito sós e já velhos e acabados e não sabem por que continuam presos a um estilo de vida tão estranho.


Enrique Vila-Matas | Estranha forma de vida

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: